dd

Conviction 1×13: Análise da Season Finale

EITA! É a melhor expressão para definir esse episódio. E estou começando a desconfiar de que os produtores da série estão lendo essas análises sobre Conviction, porque depois do ex-presidente aparecer, finalmente tivemos flashbacks de Chicago, na verdade boa parte do episódio se passa nos flashbacks.

» Veja mais sobre séries e filmes

O caso de “Past, Prologue & Whats to Come” é um antigo caso onde Hayes foi a advogada do acusado e acabou falhando por sua displicência com seu cliente. É nesse processo que a advogada conhece Wallace e acaba perdendo para ele (adianto que eles eram mais legais juntos em Chicago). Além dos flashbacks o episódio trás outras coisas do passado, depois de um episódio bem tenso sobre o terrorismo e o preconceito com os muçulmanos, Rodney Landon o odiador de muçulmanos, do episódio “Dropping Bombs” voltou e Sam Spencer teve muitos problemas com isso.

hh

A visita de Theodore Morrison conseguiu mexer negativamente com a relação de Hayes e Wallace. Depois que seu papai falou no último episódio que Wallace estava com ela por interesse, Hayes fica com os dois pés atrás e acaba confessando ao namorado o que está acontecendo, depois que o mesmo começou a perceber o distanciamento da advogada. Wallace assume que há um pouco de interesse sim, mas isso não é tudo e que ele a ama, porém Hayes não reage muito bem a isso.

Enquanto Wallace e Hayes tentam se resolver internamente dois casos paralelos vão se desenrolando. Hayes e sua equipe devem provar que Gerald Harris não assassinou sua esposa Claire, e Sam com a ajuda fundamental de Hayes tenta se livrar de depor no caso de agressão de Rodney a um neonazista no presídio, pois quem assistiu “Dropping Bombs”  sabe que o grande motivador desse ato foi Sam, em sua tentativa arbitrária de manter Rodney na prisão.  

Sam está bem ferrado, enquanto a equipe se foca no caso totalmente alheia a sua situação, ele vai até Hayes avisar sobre sua situação e ela intervém a favor do colega de equipe, convencendo o juíz do caso a fazer algo para impedir que Sam deponha e prejudique a si e a UIC, mas Wallace quer a demissão de Sam mesmo com Hayes livrando sua barra, porém o advogado realmente mudou sendo por um momento o único no episódio a querer lutar pela inocência de Gerald, juntando isso e o fato de se sentir culpado por ter pego o caso de Rodney, Hayes não irá demitir Sam tão fácil assim.

Claire Harris foi tida como vítima de assassinato e devido a irresponsabilidade de sua advogada, Gerald vai para prisão como culpado pela morte da sua mulher, e a melhor justificativa dada pela irmã de Claire para o assassinato era que sua irmã estava em uma crise no casamento por seu marido transar com outros homens. Hayes em suas memória lembra que isso na verdade não era um problema para Claire e mesmo com os casos extraconjugais do marido eles se amavam, e só aí que a cabeça dura percebe que da mesma forma que Claire amava o marido do jeito que ele era, ela amava Wallace do jeito que ele era. Hayes confessa a Wallace que o ama e eles fazem as pazes, porém a história não termina por aí.   

Maxine está em Chicago tentando encontrar culpados pela morte de Claire, mas não obtém resultados. Enquanto isso a equipe tentava achar uma solução para o caso que parecia cada vez mais sem saída, até que Frankie descobre que não houve assassinato, Claire teve um ataque cardíaco e caiu pelo corrimão. E Hayes consegue finalmente concluir com sucesso o caso que começara a 9 anos atrás.

Tudo parecia estar terminando com um final feliz, Wallace e Hayes juntos como um bonito casal, Tess livre dos seus fantasmas, Frankie provando sua competência independente do seu passado, Maxine longe do seu vício e ativa, o único que não estava acompanhado essa linha de finais feliz era Sam, que seria demitido até que Hayes o beija. Eita! Sam fica obviamente atordoado e Hayes explica a ele, que tinha acabado de ser assediado sexualmente por sua chefe na frente de uma testemunha, a funcionária responsável pela  limpeza e por isso ninguém o demitirá,  mas em segundos descobrimos que não era só a moça da limpeza que  estava vendo, Wallace também estava lá. Eita! Wallace não fala nada e Hayes apenas pede desculpa e sai andando. E agora?

Sem título

Essa Season Finale foi um “Eita!” atrás de “Eita!” e muitas coisas ficaram para ainda serem respondidas, como o futuro da relação entre Wallace e Hayes depois que a louca beijou Sam. Porém as notícias não são muito animadoras, Conviction não foi um sucesso de audiência e corre um grande risco de ser cancelada.

E vocês, o que acharam da primeira temporada de Conviction? Deixem seus comentários, críticas, sugestões e até a próxima!  😉 

» Siga o Serializando no Facebook, no Twitter e Instagram para saber todas as notícias das suas Séries e Filmes favoritos!